Poesia – “ANJOS GÓTICOS”

Anjos Góticos

 

Com os meu olhos carregados e úmidos
Trago no peito o amargo sentimento
Da desconfiança que encena minha dor
Como uma dança

 

Uma triste e íntima pajelança
Do escuro caminho que trilho
Assobio a canção sem estribilho
O desencanto de um sonho que evaporou

Semeando a tristeza que sobrou
Me levando aos prantos
Às lágrimas que denunciam
Meu estado de espírito

Musa dos Escombros
A quintessência plena da elegia
Dai-me forças para elevar
Minha fraqueza à graça da poesia

Anjos Góticos talhados na pedra
No mármore, na carne
Únicas testemunhas
de minha queda

Perdoem minha alma
Turva e rastejante
E este sentimento vil
E agonizante

Não sei se minto
Mas sei que sinto
que não serei
Mais o que sou

Neste crítico momento
do Mais
Profundo
Lamento

Anúncios

5 Comentários

  1. lindo poema!

  2. É brilhante a riqueza de suas poesias…que nos toca e envolve como a mão de um anjo…

  3. Adorei!

  4. mariana brito

    Linda poesia!

Trackbacks

  1. Os números de 2010 « Tecnocibernetico's Blog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: