Hocus Pocus – 18 anos de Cultura Pop

A Hocus Pocus é mais do que um sebo no centro da cidade. Ao longo dos seus 18 anos tornou-se mais que um ponto de encontro, mas também de movimentação da cultura pop.

Entenda-se por essa expressão não apenas o Rock e suas várias tribos, mas também de skatistas, apaixonados em quadrinhos, filmes antigos. Não é à tóa que se tornou referência.

Os irmãos Juninho e o poeta Fafau são cúmplices na ideia que surgiu no início dos anos 90. Fafau que foi responsável por vários fanzines uma década antes como “Gilete Express” é conhecido por suas agitações culturais. Não apenas escrevendo poemas, mas também peças de teatro.

Fafau estava cansado da vida de publicitário em São Paulo. Após um acerto na agência de propaganda que trabalhava arrematou um sebo inteiro no Itaim Bibi no final de 1991. No ano seguinte ele e Juninho abriram as portas na Avenida Araguaia esquina com a Paranaíba.

O símbolo da loja e sua logomarca praticamente estão inseridos nos panfletos e flyers que circulam. Muitos até o colocam sem comunicar. O personagem é conhecido como o “Neguinho” do Gibi, uma revista em quadrinhos lançada em 1939. Daí o termo “Gibi” se tornou sinônimo de História em Quadrinhos.

A partir de 1974 foi reeditada pela Rio Gráfica Editora (RGE), atual Editora Globo.

O nome da loja, segundo Juninho, faz referência explícita à música com mesmo nome da banda FOCUS, um clássico do Rock progressivo nos anos 70.

FOCUS

Outra curiosidade é que no mundo onde a Hocus Pocus atua temos referências ao próprio Juninho.

O Cara da Loja de Quadrinhos de Os SIMPSONS

Por exemplo, no desenho dos Simpsons temos “O cara da loja em quadrinhos”. Ou o estranho indivíduo chamado Elijah Price que foi interpretado por Samuel L. Jackson em “Corpo Fechado” (“Unbreakable’) dirigido por M.Night Shyamalan.

O perfil de Juninho foge um poucos destes personagens. Ele nos contou que hoje o forte da Hocus Pocus são os quadrinhos.

Segundo suas palavras um dos que mais são procurados é o título “TEX”, personagem italiano criado por Giovanni Luigi Bonelli e Aurellio Galepini em 1948 e que marcou época.

One Piece e sua Turma

Outro título que tem bastante saída são os mangás japoneses. Aqueles que passam na TV como “Naruto”, “Dragon Ball” e “Cavaleiros do Zodíaco” são os mais procurados. Outro destaque é “One Piece”.

Na Hocus Pocus você pode encontrar também muitos títulos em DVD. Mas não trata de lançamentos.

Esses podem ser encontrados na Internet, nas lojas convencionais e até em camelôs.

Filmes clássicos de Mazzaropi em DVD

Na loja do Juninho você tem um encontro marcado comas raridades. Filmes e seriados antigos como Tarzan.

Anúncios

2 Comentários

  1. Valeu Pompeu,tá da hora o blog.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: