“TROPAS E BOIADAS” para Download Grátis

“Tropas e Boiadas” é um típico livro que seria fácil de se encontrar em sebos. Aliás, é nestes ambientes (verdadeiros refúgios culturais) que encontramos pérolas.  O livro em questão é uma leitura essencial , segundo Mário de Andrade, mas isto só para quem tem o interesse de compreender o Brasil.

Foi isso o que o autor de “Macunaíma” disse, em um congresso de escritores em 1942, a respeito da obra que é considerada como a pioneira na tradição literária de Goiás.

Hugo de Carvalho Ramos, nascido em 21 de maio de 1895 em Vila Boa, antiga capital do estado, publicou “Tropas e Boiadas” em 1917. Os contos se passam nas cidades, vilas, povoados e aldeias em uma época onde essa região, como todo o Brasil Central, ainda era inóspita e pouco povoada.

As tradições, os costumes de um povo e seu imaginário popular estão retratados neste compêndio do universo sertanejo tendo como fio condutor uma comitiva de boiadeiros.

Hugo de Carvalho Ramos veio a falecer no Rio de Janeiro, em 12 de maio de 1921, onde cursava Direito na Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais. Veio a falecer após uma profunda crise de angústia e depressão.

Enfim, após esta pequena apresentação voltamos ao tópico em que nos referíamos aos sebos. No entanto, cabe ressaltar, que esta obra “Tropas e Boiadas” já se encontra em domínio público. Inclusive, baixei recentemente do link que segue abaixo. Então, resolvemos compartilhar essa emoção.

Boa Leitura!!!

http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=19650

Anúncios

2 Comentários

  1. L25 R1A2

    Eu tinha um exemplar, mas cedi; agora está fazendo fallta.
    Não cheguei a ler – só folheei – mas está na mira:
    é um dos livros do meu “programa de literatura”.

    Consta que H.C.R. e Bernardo Élis são os maiores ficcionistas goianos.
    Ambos romperam as fronteiras da província.

    Estava lendo “O Tronco”, de B.E., mas suspendi a leitura.
    (pareceu-me que que o autor deveria te-lo “re-refundido”)
    para poder debruçar-me sobre “Caminhos e Descaminhos”,
    talvez a sua obra mais elaborada.

Trackbacks

  1. FLIPIRI – A Feira Literária de Pirenópolis homanageia Cora Coralina. « Tecnocibernetico's Blog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: