Lula Côrtes (20 de Abril de 1949 – Recife, 26 de março de 2011)

 

Fiquei espantado só para não dizer surpreso com a notícia do
falecimento de Lula Côrtes. Tenho a noção que muitos desconhecem o
artista, responsável pelo clássico disco de vinil “Paêbiru”.

Luiz Augusto Martins Côrtes era cantor, compositor e poeta. Sua
trajetória está vinculado à de Zé Ramalho, que no início dos anos 70
fundiu ritmos nordestinos com o rock, décadas depois, a garotada dos
“Raimundos” e do movimento mangue beat (Chico Science, Mundo Livre)
tornavam aquele caldo mais acessível para as massas.

Lula Côrtes lançou, em 1973, o primeiro disco independente que se tem
notícias neste Brasil. Era o álbum “Satwa”, juntamente com o, já
naquela época, multimídia Laílson que é cartunista, publicitário,
jornalista e músico, sendo este registro um clássico do Folk
Psicodélico. Outro destaque deste “Satwa” é a presença do super
guitarrista Robertinho de Recife.

Em 1975, como se já não fosse o suficiente, Lula Côrtes , em dupla com
Zé Ramalho, lança o clássico “Paêbiru”. Os colecionadores de discos de
vinil, como o pessoal do Clube Recreativo do Escambo(CRE), sabem de
sua raridade e pagam caro por um único exemplar.

Lula ainda integrou a banda de Alceu Valença e a partir dos anos 80
atuou com a banda “Má Companhia”. Lula Côrtes, agora descansa em paz,
lutava contra um câncer de garganta, e partiu na madrugada do sábado,
27 de março, mas antes escreveu seu nome na história da Música.

Anúncios

1 comentário

  1. Takeru Nid

    Eu soube e fiquei triste por ter perdido um artista como esse em PE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: