“Sociedade dos Ciborgues – O Mundo Pós Humano” de Boris de Pedra

IV

Susana Sullivan estava aflita. Abatida. Consternada. O homem que
amava, Max Melvedeck, estava agonizando. Ela não podia fazer nada.
Estava de mãos atadas. Só restava chorar. Ele, Max, estava deitado em
uma cama sob lençóis brancos em uma UTI.

Tubos e aparelhos ligados a fios o mantinham vivo. Mas para isso
precisava ficar entubado. Parecia um morto vivo em estado vegetativo.
Sentiu o seu smartphone vibrar no bolso do seu jaleco.

Era o Doutor Silício. Os olhos ainda estavam úmidos e as lágrimas
insistiam em escorrer abundantemente pelo seu rosto. No entanto, mesmo
com o semblante triste, não havia como afugentar a sua beleza
feminina.

Ela era linda. Não precisava de maquiagem para realçar. Fruto da
tecnologia. Ela havia conseguido isso por meio de uma cirurgia
plástica e um pouco de botox. Ficou com um ar mais sensual. Inclusive,
boa parte de sua nova sensualidade havia sido conquistada com a
aplicação de 300 mililitros de silicone. A senhorita Sullivan havia
turbinado os seios, mas fazia questão de afirmar que seu bumbum era
natural mesmo. Herança de família. Estava, realmente , escrito em seu
DNA.

Todas aquelas intervenções cirúrgicas com caráter estético lhe
garantiram algo que, até então, nunca havia tido antes. Ou seja,
autoestima. Foi assim que conheceu e se apaixonou por Max. Ela não
conseguia imaginar que aquele homem, que acreditava amar, estava
vivendo por conta de tubos como se fosse um vegetal. Em estado de
morte cerebral.

O Doutor Silício foi breve em sua ligação. Mas o que disse foi o
suficiente para trazer de volta para a desesperada Susana Sullivan,
pelo menos, um pouquinho de esperança.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: