Filme que Vi no Último Fim de Semana – “O Lutador” (The Wrestler)

Um filme que me marcou foi “O Campeão”(The Champ”) de Franco Zefirelli,de 1979, com Jon Voight, pai de Angelina Jollie, que faz um lutador de boxe. Aliás, um ex-campeão que está por baixo. Bebidas e jogos. Entretanto, seu filho, TJ, ainda acredita no potencial do seu pai nos ringues. Detalhe, TJ é uma criança. Billy Flynn, o personagem, não tem outra alternativa senão subir ao ringue e encarar sua tragédia. Como chorei naquele filme.

 

Mickey Rouke como Randy, “O Carneiro”, Robinson

Lembrei deste filme por causa de outro que assisti no fim de semana. No caso, “O Lutador”(“The Wrestler”), dirigido por Darren Aronofsky, de 2008, filme que trouxe de volta à ribalta Mickey Rourke. No filme, ele interpreta Randy Robinson, “O Carneiro” ( The Ram). Assim, como Billy Flynn Randy está por baixo. No entanto, ao contrário de Flynn, tem um péssimo relacionamento com sua filha e busca um pouco de afeição em uma stripper, interpretada pela maravilhosa e sempre bonita Marisa Tomei. Ela tem um filho de 9 anos e afasta a perspectiva de uma relação amorosa com Randy.

Marisa Tomei

Este filme também me lembra “Rocky, um Lutador” escrito e protagononizado por Sylvester Stallone, dirigido por John G. Avildsen , que inclusive ganhou o prêmio Oscar nas categorias melhor filme, melhor diretor e melhor edição em 1977. Talvez tenha sido o melhor filme de Sly.

Bom, estes três filmes têm alguma coisa em comum. Afinal, Billy Flynn, RandyRobinson e Rocky Balboa são lutadores. Dois boxeadores sofridos, sendo que um, Balboa, sai ileso para novas continuãções e outro que beija a lona para a tristeza de seu filho e dos expectadores que chegam as lágrimas com o fim trágico.

O lutador de luta livre, Randy, não chega a ganhar nada e talvez venha a ter um fim trágico. Mas após testemunhar as angústias que a vida lhe reserva, na película, você fica meio que imune ao final do filme. É que seu espírito já foi preparado. Não é á tóa que o filme foi premiado, dois Globos de Ouro, e indicações ao Oscar para Rourke e Marisa Tomei. 

Muitos traçam um link entre o personagem e o ator, já que Mickey Rourke, após a promessa que foi nos anos 1980, lembro dele em “9 semanas e 1/2 de Amor ” com Kim Basinger; e ” Coração Satânico” (“Angel Heart”), de Alan Parker, de 1988, com Robert de Niro. Enfim, ultimamente tem sido visto em filmes de Stallone, que deixam a desejar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: