Operação Moscou – O Filme

116207_t_1504101046

Operação Moscou http://www.youtube.com/watch?v=HWIrhFLGaXw é um filme que assistimos recentemente, e que por sua vez, não está em cartaz nos cinemas, afinal é de 2007, pode ser encontrado em locadoras, mas foi no You Tube que o localizei e assisti a trama que se passa na capital russa. É a história de um hacker, por isso a localização da película, em Moscou, tem tudo a ver.

images (24)

Com o fim da União Soviética, a ideologia dominante na Rússia é o “Moneys Talk”, aliás, parece que não é só lá. Enfim, a dissidência da igreja católica é muito forte culturalmente, inclusive, pode ser mera coincidência, algo a ser debatido, mas nos países católicos há muita corrupção. Itália, México, Argentina e o próprio Brasil não têm a ética ou a filosofia como prioridade.

Interessante notar também que a igreja católica convive muito bem com o sistema capitalista. Um modo de produção econômico que não atende mais as necessidades nos dias atuais.

images (28)

Aliás, Karl Marx, o filósofo inglês barbudo, que deve ser confundido com papai noel à paisana, pela galera, que não anda muita atenta a questões que envolvem um pensamento mais crítico. Obedecer e dizer amém para tudo , não, não é por aí. Tentar entender o que se passa e questionar aquilo que nos parece errado deveria ser algo certo. Pois então, o personagem principal do filme é um hacker. Muito inteligente, por sinal, com um computador na mão, mas aparentemente sem ideologia alguma.

1-vendetta-guy-fawkes-mask-on-black-849146

Interessante, perceber que essa impressão, do hacker despolitizado, nos remete ao Anonymous. Por isso fico com a pulga atrás da orelha, visto que apesar do discurso de romper com as estruturas do sistema, algo histórico, pois a tendência é termos uma hegemonia, até que o descontentamento com essa estrutura gera uma contra hegemonia.

Assim, elas se debatem, até por meio de vias de fato, como se comprova pelos livros de história, e o pessoal que estava fora, entra com o símbolo do novo e acaba-se tornando a nova hegemonia. Por exemplo, a Rússia do Czar, mandava na região, então os comunistas tomam o poder e se tornam uma nova hegemonia.

Tinham o socialismo como meta e utopicamente seria o melhor modo de produção que atenderia a toda comunidade. No entanto, com o passar do tempo, os soviéticos se mostraram distantes dessa ideologia.

O descontentamento surgiu, então surgiu a “Perestróica” que abriu as portas para o “Money Talk”. Ou, numa tradução mais clara, molhar a mão do guarda, a propina generalizada na sociedade. Isso fica claro em “Operação Moscou”, um filme agitado e que consegue entreter, tocando nesses assuntos que levantamos.

931445_516878891709557_3573081_n

Outro aspecto relevante, no campo da ficção, é que a mafia italiana, imortalizada com Don Corleone, de “O Poderoso Chefão”, perdeu es paço para a máfia russa, no filme eles tocam o terror e lealdade não é uma palavra que faz parte do vocabulário deles.

Ray Perso, o hacker do filme, sabe muito bem disso. Apesar de despolitizado, o hacker, acaba preso nos Estados Unidos, “por invadir o sistema bancário e os caixas eletrônicos de Manhattan e fazê-los distribuir notas de 20 dólares em cada esquina”, talvez um traço do anarquista que estaria em todo hacker.

Enfim, Ray vai em cana. Aí surge a máfia russa que tira o cara da cadeia, na América, e o leva para Moscou, para fazer um serviço de sua especialidade. Ou seja, os caras aprontam com o tio Sam, que coincidentemente é um país, tido como cristão, que opera como xerife do mundo, pela moral, bons costumes e por uma falsa ilusão de riqueza, mas é tão corrupto como os demais países citados acima.

images (29)

Enfim, o hacker, interpretado por Norman Reedus, o Daryl Dixon da série de TV “Walking Dead”, é introduzido no submundo do crime de Moscou, em clima de suspense, ação e muitas reviravoltas, principalmente em relação ao caráter das pessoas. Bom, o filme é um espetáculo, você vai gostar, mas quando o hacker, já climatizado e adaptado ao cenário moscovita, decide roubar a máfia russa. Roubar governo é fácil, agora fico imaginando o que seria roubar dos mafiosos russos? Encrenca, na certa, caro(a) leitor(a), e é isso que acontece em um ritmo alucinante.

Anúncios

1 comentário

  1. Republicou isso em Tecnocibernetico's Blog.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: