Cuspe, Puta, Homem Casado e Zé de Abreu!

Garota de programa é uma forma carinhosa, no BRASIL TEM DESSAS COISAS, de chamar uma prostituta, aquela que vende seu corpo, dá uma trepada, em troca de dinheiro.

Assim, como coxinha é a forma que se chama um reacionário, aquela pessoa que vive no século XXI, mas pensa como se estivesse em 1950, muito já até fumaram maconha, se embriagaram, cheiraram pó, fizeram e sexo e sentem tesão por pessoas do mesmo gênero, outros tem até anomalias, como a pedofilia, sob efeito de drogas, de espíritos que baixam; enfim, problemas mentais que com a devida ajuda podem vir a ser esclarecidos para um melhor convívio em sociedade.

Agora, aproveitar, a putaria, instalada no país, e no mundo,para posar de santo é que não dá. Olha só, o cara é casado, mas deixa a esposa em casa e sai com uma garota de programa, leva a puta para um restaurante e lá encontra o Zé de Abreu jantando.

O cidadão, adúltero, se acha no direito, do alto do pedestal da moralidade, como se fosse um pastor evangélico, ou sabe se lá , um enviado de Deus, fica macho, aliás o Zé de Abreu é bissexual, já se manifestou, enfim, o cidadão cresce, se acha o macho, afinal está pagando uma puta, enquanto a esposa está em casa cuidando dos filhos.

O cara vai lá e xinga o ator, aliás um defensor das causas sociais, o fato de trabalhar, em novelas, na rede Globo não altera em nada, tão pouco o time de futebol, sua opção sexual ou sua religião, isso não vem ao caso.

No entanto, o cara casado e a colega garota de programa, que não paga imposto, pelos serviços prestados, vão até a mesa do ator e falam os palavrões que querem, como um ato de legítima defesa, no calor da forte emoção, está lá no código penal, podem ler, é de grátis, o ator cospe no casal.

Eu acredito que cuspir em alguém é um ato de desprezo, nem por isso vou sair cuspindo em meio mundo, pois existe educação, da qual, às vezes, também compartilho, mesmo com desafetos,mas cada um sabe o que faz, só não acho legal, assim, de paraquedas, surgirem falsos moralistas querendo a crucificação do Zé.

Realmente, vivemos em um mundo conturbado, cabe aos de bem não alimentar a maldade, portanto, nesse cenário, onde mais vale dinheiro no bolso do que a dignidade da pessoa humana, onde os valores estão na lata de lixo, é bom se lembrar que devemos refletir muito sobre a situação atual e buscarmos uma melhor qualidade de vida para todos, saúde mental; inclusive para que as putas façam sexo pelo prazer, não pela necessidade de ter dinheiro e ter que destruir um lar e posar de moralista em cima de um artista.

!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: