00000000000000000000000000000000sidarta

 

Herman Hesse, escritor alemão, ganhou o Prêmio Nobel de Literatura, assim comom Bob Dylan, conhecido como um dos grandes pensadores do século XX. Nasceu em Cawl, na Alemanha em  02 de julho de 1877, filhos de pais protestantes, foi educado em um seminário para ser um pastor evangélico e seguir a tradição da família de teólogos, no entanto, logo se revela um rebelde, renegando a religião e seus dogmas, sendo expulso do seminário e do convívio familiar, ficou sem recurso, ato típico de famílias sem amor, por tratar-se de uma heresia. Sem casa e sem escola, teve que se virar sozinho, Foi quando decidiu “serei escritor ou nada”.

 

Então, para garantir seu ganha pão e sustento, já que a família lhe virou as costas,  tornou-se livreiro, o que, de certa forma, lhe favoreceu, por ser um grande leitor.  Foi lendo livros que adquiriu conhecimentos, e não nas escolas com a rigidez e o conservadorismo; e logo, longe das correntes e com a liberdade, passou a escrever. Aos 22 anos publicou seu primeiro livro.

Herman Hesse

Herman Hesse.

Uma das características marcantes, do escritor,  sendo, o próprio,  um critico feroz da violência e também inimigo do nazismo, era de que  seus textos sempre expressavam sua revolta contra o ambiente burguês, signo e sina da família que julgava pertencer,  e sua insubordinação para com as s convenções sociais, o que fez que se tornasse um dos autores prediletos da contracultura, do movimento hippie dos anos 1960

 

Em 1911, viaja para a Índia, interessado em estudar as filosofias orientais, além da curiosidade em conhecer o país onde sua mãe nascera, passa a ter contato e vivenciar a Espiritualidade e tem acesso a imensa,vasta cultura hindu, desta viagem surge a inspiração para seu livro Sidarta, publicado em 1922.

 

Hesse, um dos grandes escritores do século XX.

Hesse, um dos grandes escritores do século XX.

 

Sidarta é, ao lado de DEMIAN,  outra obra de sua autoria um dos seus livros mais famosos e em forma de romance, que, por sua vez, relata a vida do jovem Buda, o príncipe Sidarta Gautama, o iluminado  que teria vivido entre 563 – 483 a.C, um jovem que se rebelou contra as riquezas do palácio, do seu pai, o rei, abandonando sua vida de nobre, de príncipe para buscar o verdadeiro sentido da vida

Um romance esotérico, para aqueles que pretendem se iniciar no mundo holistico, dos caminhos espirituais, em uma prosa ágil e moderna, apesar do livro ter sido publicado em 1922, envolvendo, com afeto, interesse e amor, o leitor.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: